Bianca

Um passeio num dia de calor, por uma cidade despida, com a máquina fotográfica ao ombro.

É assim que a podemos encontrar, no seu estado mais apaixonado. 

A sua origem germânica desvanesce num olhar doce e meigo, que se reflete a cada retrato.

O seu rosto de boneca ilude-nos até, num só gesto, nos revelar toda a sensualidade do seu forte carácter.

Bold CS